Área Restrita
Imagem2
Imagem 1
Imagem3
Imagem 4
FETAGRO: mensagem sobre as eleições municipais
26/09/2016

FETAGRO: mensagem sobre as eleições municipais

A Eleição Municipal é um dos princípios básicos da democracia, permitindo aos eleitores e eleitoras, através do voto consciente, eleger seus representantes para a Câmara de Vereadores e para a administração da Prefeitura. Com a Eleição Municipal vem a esperança de renovação, mudança e continuidade para mais um ciclo de avanços e conquistas para o seu município, no campo e na cidade. Mas, para isso, precisamos ser atuantes. Exercer nossa cidadania e contribuir para dias melhores para todos nós. Portanto, a FETAGRO conclama para que não deixemos enfraquecer nossa democracia, e, convida para que, no próximo dia 02 de outubro, votem conscientes e em candidatos (as) realmente comprometidos (as) com nosso regime democrático, com a justiça, com a inclusão social e com os interesses das populações do campo, das florestas e das águas. Voto da agricultura familiar Vale ressaltar que agricultura familiar está presente e forte em cada município do nosso Estado. Vale ressaltar sua importância econômica e social em cada localidade. Vale ressaltar que o campo e a cidade dependem um do outro para o desenvolvimento sustentável de cada. Portanto, é preciso fazer valer o voto da agricultura familiar para que a sua importância não seja diminuída. Ressaltamos e recomendamos que cada agricultor e agricultora familiar participe ativamente nas eleições municipais e elejam candidatos(as) comprometidos com o fortalecimento da agricultura familiar e com as transformações justas e democráticas que atendam as necessidades do município e das comunidades rurais. Pedimos que não deixemos que as pessoas que estão apoiando o desfacelamento de políticas importantes como o PRONAF, o Programa Minha Casa Minha Vida Rural, os Programas Educacionais e, principalmente, que estão defendendo a reforma da previdência - que vai afetar gravemente os trabalhadores rurais - elegem seus correligionários. Quem apóia o retrocesso contra a agricultura familiar precisa ter a resposta nas urnas. Vamos à luta e boa eleição! Juntos somos fortes! A Direção

2ª Feira de Agroecologia e Sociobiodiversidade será realizada em outubro
20/09/2016

2ª Feira de Agroecologia e Sociobiodiversidade será realizada em outubro

A cidade de Rolim de Moura será palco, nos dias 15 e 16 de outubro, da segunda edição da Feira de Agroecologia e Sociobiodiversidade – FAS, que traz como destaque o manejo, técnicas e comercialização de produtos agroecológicos, políticas públicas, conservação, apoio à cultura e ações sustentáveis para a Amazônia. Esta feira promoverá apresentações culturais, oficinas e ciranda de saberes. Contará ainda, com a exposição de produtos provenientes de atividades agroecológicas, de manejo e iniciativas de laboratórios de pesquisa ou extensão. O evento visa articular e promover o diálogo entre a comunidade acadêmica e as organizações sociais representativas na região, além de estreitar as relações entre pesquisa e extensão, o que poderá incentivar ações de parceria na área agroecológica e que valorizem a Sociobiodiversidade de um povo culturalmente fragmentado pelos processos de colonização e ocupação dos solos amazônicos. Em sua essência, a feira se contrapõe ao modelo de colonização do estado de Rondônia, pautado em ações devastadoras para a cultura e meio ambiente locais, intensificando o desmatamento e a monocultura extensiva como a criação de gado e café, e, mais recentemente, o cultivo da soja e milho, os quais têm recebido incentivos para implantação e pesquisa na região central do Estado, trazendo prejuízos sociais pela desvalorização da relação do homem com o campo e diminuição da qualidade de vida dos pequenos proprietários de terra, danos econômicos com o incentivo ao grande latifúndio e redução da mão de obra empregada, além dos inúmeros prejuízos ambientais oriundos da poluição, desmatamento e contaminação dos recursos hídricos. O modelo de pesquisa empregado tem atuado isoladamente aos interesses e necessidades das populações locais, e muitas vezes visam atender outras regiões ou apresentam uma visão parcial do ecossistema. A coordenadora geral do evento, a professora Dra. Anna Frida Hatsue Modro, destaca a importância da feira para o fortalecimento da agricultura familiar do estado. “A Feira de Agroecologia e Sociobiodiversidade vem ao encontro com o anseio da sociedade atual por um estilo de vida mais saudável e ambientalmente justo. O evento vem para divulgar e demonstrar que é possível produzir sem veneno e que a agricultura familiar, juntamente com os povos indígenas e comunidades tradicionais, possuem saberes que incorporam práticas sustentáveis e alternativas viáveis no sentido de proporcionar uma melhor qualidade de vida, com a redução das queimadas, desmatamentos e uso abusivo de agrotóxicos na alimentação. ” A 2ª Feira de Agroecologia e Sociobiodiversidade é uma iniciativa da Universidade Federal de Rondônia, ECOPORÉ, FETAGRO, Instituto Padre Ezequiel Ramim, Seagri e NTA e conta com patrocínio do Governo Federal, através do Banco da Amazônia e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Mais informações pelo site http://fasamazonia.blogspot.com.br/ ou através do email fas@unir. br .

Festival Estadual de Jovens: secretário parabeniza e agradece a todos e todas pela participação
19/09/2016

Festival Estadual de Jovens: secretário parabeniza e agradece a todos e todas pela participação

O secretário de Jovens da FETAGRO, Ailton Santos, em nome de todo a Diretoria da Federação, parabeniza e agradece aos/as jovens trabalhadores e trabalhadoras rurais pela participação na 18º edição do Festival Estadual da Juventude Rural, realizado no último sábado (17), em Alvorada do Oeste. O festival, mais uma vez reuniu jovens de todo o Estado em um dia de muita interação. Competições esportivas, apresentações culturais, exposição e comercialização de produtos da agricultura familiar, e o registro em fotografias e materiais gráficos das ações e conquistas do MSTTR marcaram o dia de confraternização; que também é um importante espaço de diálogo e reflexão sobre a permanência dos jovens no campo com dignidade. Neste ano o festival trouxe como tema "Juventude e Políticas Públicas" e como lema "Jovens Rurais na Luta pelo Desenvolvimento Rural e Igualdade Social". O tema foi apontado diante das circunstâncias do momento político que o País vive, e, que traz a cada cidadão e cidadão a responsabilidade de agir e exigir que não haja retrocesso político e o regime democrático seja, acima de tudo, respeitado. Diante desta realidade, os jovens buscam reafirmar o seu comprometimento com a luta por garantia de políticas públicas e ações governamentais para a efetivação de direitos e políticas diferenciadas para quem vive no campo e para a agricultura familiar. Ailton Santos reforça que o evento tem sido um momento de entretenimento, onde os jovens têm a oportunidade de mostrar seus talentos, expor suas idéias e trocar experiências; mas também de articulação política por melhores condições de vida e trabalho no campo, como garantia de uma sucessão rural com qualidade e dignidade; sem violação de direitos. Por este propósito estar sendo respeitado e buscado, o secretário agradece à Comissão Estadual de Jovens Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, às diretorias dos Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais e a todos e todas que diretamente e indiretamente contribuíram para a realização de mais esta edição do festival. “O festival mais uma vez alcançou seu propósito unindo a juventude rural e reafirmando seu protagonismo na busca das políticas públicas que fortaleçam a agricultura familiar e que traga sustentabilidade no campo. Estamos muito felizes e agradecidos”, comentou Ailton. Além de toda juventude presente, prestigiaram o evento o deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT), as diretoras da CONTAG, Mazé Morais (secretária de jovens) e Alessandra Lunas (secretária de mulheres), Central Única dos Trabalhadores - CUT/RO, Cooperativa de Crédito rural com Interação Solidária – Cresol Base Rondônia, Associação das Escolas Família Agrícola (AEFARO), Universidade federal de Rondônia (Unir), e dirigentes dos STTRs. Atividades esportivas e culturais As modalidades esportivas e culturais agitaram o festival. A participação é acirrada. Mas tudo, sempre, conduzido pelo "espírito esportivo"; com as competições sendo realizadas de forma muito saudável e divertida. Os destaques deste ano foram os municípios de Ministro Andreazza e Alvorada do Oeste, que conquistaram colocações em quase todas as atividades, esportivas e culturais. As premiações foram para 1º, 2º 3º lugar". Confira os resultados: Modalidades 1º lugar 2º lugar 3º lugar futebol masculino ---- ---- Cerejeiras futebol feminino Urupá Buritis Seringueiras Voleibol masculino Min. Andreazza Pres. Médici Vilhena Voleibol feminino Campo Novo Min. Andreazza Alvorada do Oeste Salto em distância - M Seringueiras Min. Andreazza Alvorada do Oeste Salto em distância - F Alvorada do Oeste ____ ____ Corrida de 100m - M Pres. Médici Min. Andreazza Buritis Corrida de 100m - F Jaru São Francisco Pres. Médici Poesia São Francisco Alvorada ---- Música Vilhena Urupá Alvorada do Oeste Dança Min. Andreazza Alvorada Vilhena Garotinha Rural Vilhena Min. Andreazza Seringueiras Garotinho Rural Alvorada do Oeste Min. Andreazza Rolim de Moura Garota Rural São Francisco Seringueiras Rolim de Moura Garoto Rural ---- ---- ----

Momentos de reflexão, diálogo e emoção marcam o Festival Estadual de Jovens
19/09/2016

Momentos de reflexão, diálogo e emoção marcam o Festival Estadual de Jovens

O18º Festival Estadual da Juventude Rural, realizado no último sábado (17), em Alvorada do Oeste, foi marcado também por momentos de emoção, diálogo e reflexão. Esses momentos fazem cumprir o propósito do evento em integrar a juventude e incentivá-la a continuar na luta, organizada, por melhoria da qualidade de vida no campo e fortalecimento da agricultura familiar. Roda de conversa Um importante momento do 18° Festival Estadual da Juventude Rural foi a rodada de conversa com o presidente da Fetagro, Fábio Menezes, a secretária de jovens da Contag, Mazé Morais, a secretária de mulheres da Contag, Alessandra Lunas, e o deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT) que debateram com toda juventude sobre a política, o atual momento político que o país passa; a defesa da democracia; e o importante e necessário papel dos jovens nesta conjuntura e na luta para que não haja retrocessos, nem perda de direitos e políticas públicas já conquistados. O diálogo promoveu a reflexão e consciência dos desafios para a classe trabalhadora, mas também a convicção de que a luta continua. Mística Apresentada por jovens integrantes da Comissão Estadual de Jovens e da Rede de Educadores Populares, a mística foi introdutória para o momento da Rodada de Conversa, uma vez que a apresentação externou a compreensão e o sentimento da juventude rural sobre o momento político vivido no País e seus últimos acontecimentos. Para eles nosso país sofreu um golpe em seu regime. A mística demonstrou a distinção de classes (de poder) que há no Brasil, assim como o domínio de uma sobre a outra. Retratou o poder e imposição de um governo ilegítimo, apoiado por uma maioria nos Poderes legislativo e Judiciário e por uma mídia parcial, e, que já trouxe graves perdas de direitos e conquistas da classe trabalhadora. Mas também mostrou que a composição do MSTTR não irá recuar e, mas sim, organizar cada vez mais sua luta pelo respeito a democracia, pela permanência de políticas públicas e a conquista de novas. Também foram enfáticos em afirmar que não reconhecem o atual governo, o atual presidente da república. A frase “Fora Temer. Diretas Já” escrita em cartazes e pronunciada por todos concluiu a mística. Késia A jovem Késia, de 17 anos, moradora de Seringueiras, veio ao festival com uma linda missão: dizer a todos que mesmo com dificuldades somos capazes de realizar nossos sonhos. Com dificuldades de locomoção motora, devido a um choque elétrico tomado ao 1 ano e seis meses de idade, Késia desfilou na passarela do palco do Festival, abrindo as apresentações de desfile para a escolha da garota, garotinha e garotinho rural. Para ela, “muito nervosismo, mas muito feliz porque realizei um sonho”. Késia já havia emocionado a juventude do município de Seringueiras ao desfilar na realização do Festival Municipal. No estadual, abrilhantou e emocionou a todos com sua determinação, carisma e amor à vida. Ailton Nunes Foi um chororô só. Esta edição do festival estadual foi também a despedida do secretário de juventude rural da FETAGRO, Ailton Nunes. Ailton esteve à frente da secretaria por dois mandatos. Coordenou 8 festivais. A Comissão de Jovens e diretoria da Federação prestaram uma homenagem ao companheiro Ailton, o Índio. “Tentaram” em palavras agradecê-lo. Tentaram porque não era possível “colocar no papel” tanta gratidão. Ao Índio: “...Durante esses anos todos puderam ser testemunhas de seu crescimento e de sua atuação como liderança, nas organizações não só dos festivais, mas de todos os eventos que organizou com a juventude desse Estado e de todos os demais eventos da Federação que você, com muito companheirismo, não mede esforços para colaborar. Puderam alem da liderança, conhecer o amigo Índio. O coletivo Estadual de Jovens quer, com essa mensagem, agradecer a você por seu companheirismo, por sua persistência em não desistir e ser tão fiel e comprometido com a luta do movimento em defesa da Juventude Rural...”

Festival reunirá jovens trabalhadores rurais de todo o Estado
12/09/2016

Festival reunirá jovens trabalhadores rurais de todo o Estado

Jovens trabalhadores rurais de todo o Estado estarão reunidos no próximo sábado, dia 17, no Clube da Sucam, município de Alvorada do Oeste, para a 18ª edição do Festival Estadual da Juventude Rural. A estimativa é de mais de 1,5 mil jovens participando do evento. O Festival, realizado anualmente, propõe um momento de reflexão e diálogo acerca da sustentabilidade no campo para os jovens e também de integração da juventude rural de Rondônia com atividades culturais e esportivas. O evento é uma realização da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Rondônia (Fetagro) e Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs), sob coordenação da Comissão Estadual de Jovens Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais. De acordo com o secretário de Juventude da Fetagro, Ailton Santos, o Festival também tem sido um grande espaço de articulação política para a permanência dos jovens no campo. Ele explica que a atividade estampa as bandeiras da juventude rural por melhores condições de vida no campo, inclusive a garantia de uma sucessão rural de qualidade, que possibilite ao jovem manter-se no campo com garantia de acesso à terra, sustentabilidade ambiental, condições de trabalho decente e políticas públicas diferenciadas. “Lutamos e nos organizamos para que a juventude não saia do campo. E o Festival é mais um passo que damos para reafirmarmos e fomentarmos a sustentabilidade da vida no campo”, destacou. Tema O tema escolhido para a edição deste ano do festival foi Juventude e políticas públicas. O lema é Jovens Rurais na Luta pelo Desenvolvimento Rural e Igualdade Social. De acordo com a Comissão de Jovens, o tema foi apontado diante das circunstâncias do momento político que o país vive e que traz a cada cidadão e cidadão a responsabilidade de agir e exigir que não haja retrocesso político e o regime democrático seja acima de tudo respeitado. Diante desta realidade, os jovens buscam reafirmar o seu comprometimento com a luta por garantia de políticas públicas e ações governamentais para a efetivação de direitos e políticas diferenciadas para a agricultura familiar e que propiciem a permanência no campo com dignidade", observam os membros da Comissão. Programação A programação do 18º Festival Estadual da Juventude Rural terá início às 8 horas com uma carreata que sairá do bairro Alta Alegre (entrada do município) até a sede do Clube da Sucam. As 9 horas abertura oficial e em seguida iniciam as atividades esportivas. Entre as atividades esportivas haverá partidas de futebol suíço, voleibol, disputa de salto em distância e de corrida de 100 metros, todas nas categorias masculino e feminino. Está marcada para as 14 horas uma roda de conversa política. Logo após, iniciam as atividades culturais. Pelas atividades culturais estão programadas apresentações de teatro, música, poesia e dança. Haverá ainda a escolha da garota e do garoto rural e da garotinha e garotinho rural. Como diferencial nesta edição do festival está a realização da Feira da Agricultura Familiar, com exposição de produtos. O evento contará com show da dupla sertaneja Toninho e Skyter Viola.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO - STTR DE NOVA MAMORÉ
14/09/2016

EDITAL DE CONVOCAÇÃO - STTR DE NOVA MAMORÉ

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Nova Mamoré convoca todos os membros da categoria de trabalhadores e trabalhadoras rurais: assalariados e assalariadas rurais empregados permanentes, safristas, e eventuais na agricultura, criação de animais, silvicultura, hortifruticultura e extrativismo rural; e agricultores e agriculturas que exerçam atividades individualmente ou em regime de economia familiar, na qualidade de pequenos produtores, proprietários, posseiros, assentados, meeiros, parceiros, arrendatários, comodatários e extrativistas para a Assembléia Geral Extraordinária a realizar-se no dia 14 de Outubro de 2016 com início as 9h30 e término previsto para as 15 horas, no Salão Paroquial da Igreja Católica, localizada na Av. Antonio...

Diretoras e assessor participam de seminários sobre energias alternativas e recursos hídricos
31/08/2016

Diretoras e assessor participam de seminários sobre energias alternativas e recursos hídricos

Aliar a preservação de recursos naturais com geração de renda e energia. A agricultura familiar precisa estar cada vez mais atenta a essas duas questões, uma vez que ambas são essenciais para a vida de todas e todos, e, especialmente dos agricultores e agricultoras familiares. Por isso, a secretaria de Meio Ambiente da CONTAG realiza nesta semana o Encontro Nacional de Energias Alternativas - hoje (30) e amanhã (31) - e o Seminário Nacional sobre Recursos Hídricos, na quinta (1) e sexta-feira (2), na CONTAG, em Brasília. Os objetivos do Encontro Nacional de Energias Alternativas são abrir a agenda de debates sobre as possibilidades de geração de energias alternativas pela agricultura familiar; ampliar o escopo da Política Agrícola ao incorporar...

Lazinho destaca projeto que beneficia produtores interessados em preservação
25/08/2016

Lazinho destaca projeto que beneficia produtores interessados em preservação

O deputado Lazinho da Fetagro (PT), na sessão da Assembleia Legislativa desta terça-feira (23), iniciou seu discurso na tribuna afirmando que, hoje, o Incra tem a possibilidade de entregar mais de 30 mil títulos e contribuir com a regularização fundiária em Rondônia. Segundo ele, isso só se tornou possível graças ao Programa Terra Legal. Lazinho ressaltou que o programa tratou da parte mais difícil ao citar o georreferenciamento das terras. Segundo ele, na BR 429, as glebas já possuem suas informações geográficas, assim como a região de Machadinho e Corumbiara. Ele frisou que o processo contribui com a confecção dos títulos e disse acreditar que nos próximos cinco anos Rondônia poderá ter zerado...

MSTTR debate, avalia e planeja ações de fortalecimento
23/08/2016

MSTTR debate, avalia e planeja ações de fortalecimento

Iniciou nesta manhã o Conselho Deliberativo da FETAGRO que reune toda Diretoria da entidade e os/as conselheiros/as da entidade, que representam todos os Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais filiados, para debates, avaliações e planejamento de ações de fortalecimento do movimento sindical (FETAGRO e STTRs) em prol do desenvolvimento rural sustentável e solidário no Estado de Rondônia. O Conselho segue até quinta-feira (25). Entre os pontos de pauta do Conselho, destaque para: avaliação do Grito da Terra Estadual, Plenária de Estadual de Mulheres, Festival Estadual de Jovens e Eleições 2016. Participam do Conselho a secretária de mulheres da CONTAG e do deputado estadual Lazinho da Fetagro, ambos ex-diretores...

Empoderadas, margaridas seguem em marcha por igualdade de condições
19/08/2016

Empoderadas, margaridas seguem em marcha por igualdade de condições

Força. Coragem. Aprendizado. Companheirismo. Luta. Determinação. Essas são algumas palavras que resumiram o que significou a Plenária de Mulheres Trabalhadoras Rurais de Rondônia para cada mulher participante. A Plenária reuniu cerca de 80 trabalhadoras rurais dirigentes dos STTRs de municípios de todo o Estado, filiados à FETAGRO, para em três dias debaterem, refletirem e deliberarem por ações que assegurem que as margaridas sigam em marcha por igualdade de condições, na convicção de que a luta é todo dia. A atividade teve como principal objetivo realizar um balanço político da participação das mulheres no movimento sindical rural rondoniense, ao longo de seus 23 anos, com vistas a fortalecer...

Plenária resgata história de luta das mulheres trabalhadoras rurais
17/08/2016

Plenária resgata história de luta das mulheres trabalhadoras rurais

"Margaridas em marcha por igualdade de condições. A luta é todo dia!” Com esse lema, mais de 80 agricultoras familiares de Rondônia realizam a Plenária Estadual de Mulheres Trabalhadoras Rurais de Rondônia, de 16 a 18, em Ji-Paraná, sob coordenação da FETAGRO. A Plenária é uma ação de organização e formação das mulheres, sustentada pelo aprofundamento de debates, de reflexões e de planejamento de ações. Esta atividade tem por principal objetivo realizar um balanço político da participação das mulheres no movimento sindical rural rondoniense, ao longo de seus 23 anos, com vistas a fortalecer sua organização e incidência em preparação...

Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro