Área Restrita
Não à reforma da previdência
Imagem2
Imagem 1
Imagem3
Imagem 4
PROJETO “PESSOA IDOSA”: FETAGRO COMUNICA CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EM MATERIAIS ...
22/01/2018

PROJETO “PESSOA IDOSA”: FETAGRO COMUNICA CONTRATAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EM MATERIAIS ...

O projeto elaborado pela FETAGRO que visa promover o protagonismo e o empoderamento da pessoa idosa segue em etapa de contratação de prestação de serviços. Busca-se por contratação de prestação de serviços gráficos e impressão – elaboração e reprodução de folders; confecção de banners; e impressão do Estatuto do Idoso. A produção de folders e banners objetiva dar visibilidade ao conteúdo programático das Oficinas que integram o projeto. Os exemplares do Estatuto do Idoso deverão ser utilizado com função didática também nas oficinas. A Direção da Federação informa que o período para manifestação de interesse na prestação dos serviços é de 22 a 26 de janeiro, somente. Os interessados devem entrar em contato com a entidade pelo telefone 69 3421-5985 ou na sede administrativa, localizada na rua Padre Adolfo Rohl, 696, bairro Casa Preta, Ji-Paraná/RO. Também pode ter acesso ao projeto pelo link https://www.convenios.gov.br/siconv/proposta/ConsultarProposta/ConsultarProposta.do O Projeto em sua íntegra e os Termos de Fomento para contratação dos serviços podem ser acessados no tópico Quem Somos - Documentos, na página principal do site da FETAGRO.

 FETAGRO e STTR apoiam luta de pais e alunos pela reabertura de escolas rurais em Cerejeiras
18/01/2018

FETAGRO e STTR apoiam luta de pais e alunos pela reabertura de escolas rurais em Cerejeiras

Pais e alunos das escolas municipais rurais Américo Vespúcio e Uni Campo, em Cerejeiras, protestaram na manhã de hoje (18), contra o fechamento destas instituições e em reivindicação da reabertura das mesmas, como direito à educação com garantia do acesso a escola mais próxima da residência do estudante. O ato público que reuniu, além dos estudantes e seus responsáveis, apoiadores como a Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Rondônia (FETAGRO), Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município, Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e mandato do deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT). Os manifestantes repudiam o fechamento das escolas, ocorrido de forma arbitrária pela Administração Municipal, uma vez que foi tomada sem antes consultar a comunidade e dialogar sobre as reais necessidades e possíveis conseqüências. De acordo com os pais dos alunos, é inadmissível tal decisão, pois prejudica o exercício e desempenho escolar de seus filhos ao remanejá-los para outras escolas, localizadas na zona urbana. Apontam impasses como a dificuldade de acesso com a distância das residências dos alunos, o que coloca em risco a segurança dos estudantes que precisam se deslocar, muitas vezes por estradas em péssimas condições. Para o secretário de juventude da FETAGRO, Gilmar Fagundes, que participou do protesto representado a Federação, o protesto apresentou ao Poder Público, Ministério Público e toda população denúncia e repúdio ao fechamento. Gilmar questionou a prefeitura Municipal e a Câmara de Vereadores, que aprovou o fechamento das escolas, quanto à desobediência à Lei n.º 9.394/96 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), ressaltando que “a presente ordem constitucional veda o retrocesso social, ao mesmo tempo em que, quanto ao direito à educação, impõe ao Estado o dever de prestá-la adequadamente, o que inclui o acesso à escola pública próxima à sua residência, sob pena de inviabilizar a garantia constitucional de acesso à educação”. “A prefeitura de Cerejeiras está descumprindo uma lei federal, porque fechou as escolas sem ouvir a comunidade”, esclareceu o secretário. Após o ato foi realizada uma Assembleia Geral na sede do Sindicato dos Trabalhadores e trabalhadoras Rurais para avaliação e tomada de decisão de novas ações. Concluíram que o ato atingiu o objetivo. Como encaminhamento foi decidido manter resistência e recorrer ao Ministério Público Federal para a reabertura das escolas Américo Vespúcio e Uni Campo, que ainda eram as únicas duas escolas que funcionava na zona rural do município de Cerejeiras.

Licenciatura em Educação do Campo: Unir abre processo seletivo com exigência da nota do ENEM
15/01/2018

Licenciatura em Educação do Campo: Unir abre processo seletivo com exigência da nota do ENEM

A Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) divulga, por meio da Comissão Permanente de Processo Seletivo Discente (CPPSD), o Edital de Processo Seletivo Discente 2018, destinado a selecionar candidatos para o preenchimento de vagas no curso de Licenciatura em Educação do Campo, entre outros cursos, tendo como base para a aprovação e classificação dos candidatos o resultado da prova do ENEM 2017, cujo número será exigido no ato da inscrição e sem o qual não será possível realizá-la. Inscrições As inscrições são gratuitas e estarão abertas no período de 16 a 22 de janeiro de 2018, exclusivamente via internet, por meio de formulário eletrônico disponível no site da UNIR: http://www.processoseletivo.unir.br/index.php?pag=concursos&id=170. O candidato, antes de efetuar a inscrição, deverá tomar conhecimento do disposto no Edital e certificar-se de que preenche os seguintes requisitos: ter concluído o ensino médio ou estar regularmente matriculado no 3º ano do ensino médio, com previsão de conclusão antes da data da matrícula; ter realizado o ENEM 2017 e confirmar o seu número de inscrição no exame. Das vagas Ao todo a UNIR oferece 2.665 vagas para cursos presenciais no ano letivo de 2018, com entrada para o 1º e 2º semestres, distribuídas nos cursos dos oito campi, localizados nos municípios de Porto Velho, Guajará-Mirim, Ariquemes, Ji-Paraná, Presidente Médici, Cacoal, Rolim de Moura e Vilhena. Para o curso de Licenciatura em Educação do Campo são ofertadas 60 vagas, somente no campus de Rolim de Moura, com início no segundo semestre de 2018. Mais Informação no link abaixo: https://www.unir.br/index.php?pag=noticias&id=24645

Beneficiários(as) do INSS: façam a comprovação de vida para não ter o seu benefício interrompi...
15/01/2018

Beneficiários(as) do INSS: façam a comprovação de vida para não ter o seu benefício interrompi...

Está acabando o prazo para que os beneficiários e beneficiárias do INSS façam a comprovação de vida para não ter o seu benefício interrompido. Para evitar que um grande número de beneficiários(as) tenha o seu benefício interrompido, o prazo foi prorrogado para 28 de fevereiro de 2018. O prazo para fazer a comprovação de vida era até 31 de dezembro de 2017, mas até o final do ano, cerca de 6,5 milhões de pessoas ainda não haviam feito o procedimento junto ao seu agente financeiro pagador. Não é necessário se dirigir a uma Agência da Previdência Social. O procedimento é realizado diretamente no banco em que o(a) beneficiário(a) recebe o benefício. Basta apresentar um documento de identificação com foto (carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira nacional de habilitação, entre outros). Os beneficiários e beneficiárias que não puderem se dirigir à agência bancária por motivo de doença ou por dificuldade de locomoção podem realizar a comprovação de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS. É importante destacar que essa comprovação de vida é obrigatória para todos os beneficiários e beneficiárias do INSS que recebem seus pagamentos por meio de conta corrente, conta poupança ou cartão magnético. Quem não fizer, terá o seu PAGAMENTO INTERROMPIDO. Portanto, não deixe para a última hora. Faça logo o procedimento. Não comprometa o recebimento do seu benefício. FONTE: Assessoria de Comunicação da CONTAG

PNHR: sonho da casa nova realizado para agricultores familiares de Jaru
21/12/2017

PNHR: sonho da casa nova realizado para agricultores familiares de Jaru

A FETAGRO e o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do município de Jaru participaram hoje (21) de um importante momento para 34 famílias de agricultores familiares que foi a realização do sonho da casa nova, por meio do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR/Minha Casa Minha Vida). As unidades habitacionais foram simbolicamente entregues na manhã desta quinta-feira, na propriedade do senhor Adenil e da dona Euzi, na linha 610, Km 01, em solenidade que reuniu agricultores e agricultoras, diretoria da Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Rondônia (FETAGRO), dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) de Jaru e o deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT). Representando as famílias beneficiárias, o agricultor Adenil externou o sentimento de alegria de todos pela conquista. Destacou a “grandeza do programa que traz dignidade à vida no campo”. O beneficiário ainda agradeceu as representações sindicais – FETAGRO e STTR – pela organização e execução do PNHR na região. A secretária de política agrícola da FETAGRO, Elessandra Dutra, em nome de toda Diretoria da Federação, parabenizou as famílias e transmitiu os votos de felicidades à nova fase das vidas no campo com as casas novas. Ela ressaltou que “o mais importante é constatar que as famílias tiveram o retorno da sua luta e contribuição com o Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras”. Para Elessandra aquele momento “é fruto da organização de todos”. O secretário de Política Agrícola do STTR de Jaru, João Matias, manifestou satisfação com aquele momento, que significava o resultado do trabalho, direto e indireto, de todos ali presentes. Matias lembrou que as 34 unidades representavam mais de R$ 1 milhão investidos no município com as construções das casas. Prestigiando o evento, o deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT) parabenizou a todas as famílias e enfatizou ser um honra para ele estar presente naquele momento tão significativo para todos. Destacou que o PNHR é um dos programas do governo federal mais importante e necessário no campo. “Esta política pública traz dignidade aos nossos trabalhadores e trabalhadoras rurais”. Casas As casas entregues correspondem a Termo de Cooperação Técnica entre a FETAGRO e a Caixa Econômica Federal, firmados em 2016. O Termo assegura, por família beneficiada, subsídio de R$ 30,5 mil, destinados à edificação das casas. O empreendimento recebeu investimento total de R$ 1.037.000,00 (Um milhão e trinta e sete mil reais). Cada residência tem área de 59,45m², divididos em dois quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço externa coberta com piso cerâmico em todos os ambientes, estrutura de telhado em madeira com tratamento imunizante.

Agricultura receberá recursos dos fundos de investimentos do setor produtivo
13/12/2017

Agricultura receberá recursos dos fundos de investimentos do setor produtivo

A Comissão de Agropecuária e Política Rural da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Lazinho da Fetagro (PT), discutiu nesta terça-feira (12), com o Secretário de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), George Braga, a necessidade e viabilidade de aumento do orçamento do Estado para a agricultura no ano de 2018. Na discussão, o deputado Lazinho propôs e defendeu que seja utilizado até 20% dos recursos dos fundos competentes ao setor produtivo (FUNCAFÉ, PRÓLEITE, FIDER, FECOEP, FESA) para novos investimentos. A proposta foi compreendida e aceita pelos demais membros da Comissão e pelo secretário George. Para efetivação da proposta foi acordado que o deputado, por meio da Comissão de Agropecuária...

Secretário participa de seminário nacional sobre o PNCF
12/12/2017

Secretário participa de seminário nacional sobre o PNCF

O secretário de Política Agrária da FETAGRO, Márcio Viana, participa de 12 a 14 dezembro, em Natal/RN, do Seminário Nacional de Reordenamento Agrário. O evento aprofunda o debate sobre o novo Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) e suas perspectivas, sendo também ocasião de relançamento do programa com apresentação das novas medidas que serão implementadas a partir de 2018, especialmente em relação ao aumento do teto de R$ 80 mil para R$ 140 mil. Márcio destaca que o debate do novo PNCF é imprescindível, porque ainda existem muitas famílias em busca do acesso à terra. “Será possível ampliar o acesso com o novo teto do programa”, disse...

Coletivo amplia debates e define ações para a política agrícola
11/12/2017

Coletivo amplia debates e define ações para a política agrícola

Iniciou hoje (11), no Centro de Formação de Agricultores/FETAGRO, em Ji-Paraná, o Coletivo Estadual de Política Agrícola. Elessandra Dutra, secretária da pasta pela FETAGRO, agradeceu a todos e todas dirigentes dos STTRs presentes, ressaltando a importância deste último encontro no ano, para avaliação e planejamento das ações específicas. Em destaque na pauta de discussão do Coletivo, que encerra amanhã (12), temas como: legislação para agroindustrialização; PAA; NF-e; e FEDAF (Fundo Estadual de Desenvolvimento e Fortalecimento da Agricultura familiar). Outros assuntos compõem os debates, visando o fortalecimento da agricultura familiar com a organização e comercialização da...

Projeto “Pessoa idosa”: FETAGRO comunica contratação de prestação de serviços em materiais gráficos...
07/12/2017

Projeto “Pessoa idosa”: FETAGRO comunica contratação de prestação de serviços em materiais gráficos...

O projeto elaborado pela FETAGRO que visa promover o protagonismo e o empoderamento da pessoa idosa segue em etapa de contratação de prestação de serviços. Busca-se por contratação de prestação de serviços gráficos e impressão – elaboração e reprodução de folders; confecção de banners; e impressão do Estatuto do Idoso. A produção de folders e banners objetiva dar visibilidade ao conteúdo programático das Oficinas que integram o projeto. Os exemplares do Estatuto do Idoso deverá ser utilizado com função didática também nas oficinas. A Direção da Federação informa aos interessados para entrar em contato com a entidade...

Projeto “Pessoa idosa”: FETAGRO comunica contratação de prestação de serviços por linha telefônica...
06/12/2017

Projeto “Pessoa idosa”: FETAGRO comunica contratação de prestação de serviços por linha telefônica...

O projeto elaborado pela FETAGRO que visa promover o protagonismo e o empoderamento da pessoa idosa segue em etapa de contratação de prestação de serviços. Busca-se por contratação de Linha Telefônica – Celular, com disponibilização de aparelho, com objetivo de dar suporte à comunicação da equipe técnica do projeto, no processo de sensibilização, mobilização e organização das ações, com todos os atores sociais públicos e privados. A Direção da Federação informa aos interessados para entrar em contato com a entidade pelo telefone 69 3421-5985 ou na sede administrativa, localizada na rua Padre Adolfo Rohl, 696, bairro Casa Preta, Ji-Paraná/RO....

INSS DIGITAL: Assinado o ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA entre a CONTAG e o INSS
29/11/2017

INSS DIGITAL: Assinado o ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA entre a CONTAG e o INSS

O acordo foi assinado na noite desta terça-feira (28), no Centro de Formação da CONTAG/Brasília-DF, e deve facilitar os encaminhamentos dos processos dos benefícios rurais através da plataforma virtual INSS DIGITAL. Com a plataforma, os pedidos de benefícios dos agricultores e agricultoras familiares serão digitalizados pelos próprios Sindicatos. Porém, antes da assinatura do termo, a CONTAG esteve negociando com INSS algumas alterações do acordo, como a permissão de incluir inovações em relação ao projeto originário proposto pelo INSS ao Movimento Sindical, e também colocar na proposta de que não havendo no Sindicato advogado para analisar os processos, isso possa ser feito via certificação...