Área Restrita
Não à reforma da previdência
Imagem2
Imagem 1
Imagem3
Imagem 4
FETAGRO apóia ações da UEE Rondônia
23/06/2017

FETAGRO apóia ações da UEE Rondônia

A Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Rondônia (FETAGRO) declarou parceria à União Estadual dos Estudantes (UEE-RO) nas ações em defesa dos direitos da classe estudantil, principalmente quanto a divulgação da lei estadual que beneficia os estudantes com desconto na compra de passagens para viagens intermunicipais. Em 2016, foi sancionou a Lei 3.948 que assegura ao jovem de família de baixa renda, até 29 anos, e aos estudantes adquirir passagens com desconto de 50% em viagens dentro do Estado. A Lei é resultado de reivindicação da UEE-RO ao deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT), autor da Lei, que beneficia não somente com meia passagem, mas também com descontos para espetáculos esportivos, culturais, de lazer e outros. De acordo com o diretor estadual da União dos Estudantes, Lucas da Conceição, a entidade tem empenhado suas ações em todo o Estado, realizando visitas as escolas e dialogando com os estudantes acerca da importância da organização e união da categoria em defesa dos seus interesses, bem como da inserção nos debates e lutas em defesa da educação e da democracia. “Estamos nos reunindo com os grêmios estudantis, outras entidades e órgãos para fortalecer nossa luta e, neste momento, tornar conhecida essa nova lei que beneficia todos os estudantes”, disse Lucas. Fábio Menezes, presidente da FETAGRO, parabenizou a UEE pelas ações e reconheceu a importância da entidade. Declarou que esta parceria “Parabenizo a iniciativa desta diretoria em buscar parcerias para novas conquistas dos estudantes, a exemplo da lei 3.948, e também pela organização e luta do movimento estudantil por seus direitos e deveres, alinhados a compreensão de respeito à cidadania e à democracia, a qual a FETAGRO comunga e preza”, pontuou. O dirigente declarou que esta parceria se fundamenta no principio da FETAGRO em apoiar ações de organização da juventude no campo, nas escolas rurais. “Com o apoio da UEE estaremos mais fortalecidos para fazermos um acompanhamento da gestão da educação e defesa da educação do campo de qualidade, assim como sermos parceiros na luta contra a precarização do ensino no campo, a exemplo da aplicação do ensino à distância nas escolas pelo Governo do Estado. Carteirinha O diretor estadual da UEE esclarece que para ter acesso aos benefícios, o estudante deve portar a Carteira de Identificação Estudantil (CIE); e que a UEE é umas autorizadas a emitir a CEI. “A UEE quer possibilitar que o estudante tenha acesso ao documento e as informações. Por isso, o trabalho que estamos fazendo é de organizar os grêmios estudantis, convidando-os a fazer parte da UEE, para assim, expandir o número de beneficiados pelo serviço de emissão e pela lei”, afirmou Lucas da Conceição.

Margaridas da FETAGRO participam da 1º Conferência Estadual de Saúde das Mulheres
22/06/2017

Margaridas da FETAGRO participam da 1º Conferência Estadual de Saúde das Mulheres

Um grupo de representantes das mulheres trabalhadoras rurais da agricultura familiar, ligadas a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Rondônia – FETAGRO, participou ativamente de um momento histórico no Estado que foi a realização da primeira Conferência Estadual de Saúde das Mulheres, realizada de 20 a 22 de junho, na capital Porto Velho. A delegação foi composta pela vice-presidenta da FETAGRO, Alessandra Lunas, e por coordenadoras de mulheres e presidentas dos Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTRs) dos municípios de Jaru, Presidente Médice, Porto Velho, Espigão do Oeste, Rolim de Moura, Corumbiara, São Miguel do Guaporé, Ministro Andreazza, Pimenta Bueno e Nova União. Com o desafio de avaliar e propor políticas que possam garantir a efetiva implementação de políticas públicas de saúde das mulheres, a Conferência contou com mais de 300 participantes, representantes das Conferências Municipais realizadas em 48 dos 52 municípios de Rondônia; resultado que demonstra a importância da saúde na vida das mulheres. De acordo com Alessandra Lunas, o encontro teve o papel de fortalecer e ampliar a luta das mulheres em defesa da saúde pública, além da mobilização e resistência dos movimentos de mulheres em contrariedade a todos os retrocessos nas políticas sociais que vem ocorrendo no país. “Pra nós margaridas do campo, das águas e da floresta, as conferências são a oportunidade de colocamos estas discussões na mesa dos governos municipais e estadual e cobrarmos maior compromisso do governo federal com o direito a saúde, em especial a saúde das mulheres rurais. Não podemos aceitar caladas os impactos dos retrocessos impostos à vida das mulheres como a aprovação da PEC 55 com o congelamento por 20 anos dos gastos com a saúde. As propostas que temos apresentado são resultado das reivindicações da Marcha das Margaridas de 2015, e consolidadas a partir dos resultados do Grupo de Trabalho criado pós a Marcha para propor ações concretas para garantir maior prioridade com o acesso a saúde das mulheres rurais e cobrar a pactuação com Estados e Municípios de ações que possibilitem tirar da gaveta a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher”, destacou Alessandra. Esta Conferência Estadual acontece como parte do ciclo de preparação da 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres, marcada para 17 a 20 de agosto, em Brasília. “Nos margaridas de todo o Brasil estaremos lá para garantir a conferência como um dos espaços de resistência e luta contra todos os retrocessos a vida dos trabalhadores e em defesa da democracia. Fora Temer! Não mecha nos nossos direitos!”, declarou Alessadra Lunas. Texto: Alessandra Lunas

Diretores participam de Coletivo Conjunto para planejamento de ações integradas
19/06/2017

Diretores participam de Coletivo Conjunto para planejamento de ações integradas

Os diretores da FETAGRO, Márcio Viana (secretário de Meio Ambiente), Elessandra Dutra (secretária de Política Agrícola) e a assessora Débora Massaro participam do Coletivo Conjunto de Política Agrícola, de Política Agrária e de Meio Ambiente, promovido pela CONTAG, de 19 e 21 de junho, em Brasília, com o objetivo de planejar ações integradas. A ação integrada visa a construção de uma política unificada do MSTTR, principalmente para dar respostas mais efetivas para a base nesse período de retrocessos e retirada de direitos. Ontem, primeiro dia do Coletivo, foi apresentado um balanço das ações das Secretarias de Política Agrícola, Política Agrária e Meio Ambiente. Para esta terça-feira (20), acontecerá o Seminário sobre Política de Produção e Uso de Energias Renováveis: Biodiesel, Energia Eólica e Energia Solar; e o início do Planejamento dessas Secretarias, com indicativos de ações conjuntas, que terá continuidade na quarta-feira, com a apresentação das propostas de atividades pelos grupos e dos encaminhamentos finais. Defesa das ações integradas A CONTAG vive um novo momento de adequação da sua ação para a representação específica da agricultura familiar. De acordo com o secretário de Política Agrária, Elias Borges, foi constatada a necessidade de realizar ações unificadas. “É claro que em alguns momentos vamos tratar de assuntos específicos, mas a intenção é integrar boa parte das ações visando o fortalecimento do movimento sindical e passar essa experiência para as nossas Federações e Sindicatos”. Além da representação específica da agricultura familiar, a conjuntura nacional também impõe ao MSTTR essa mudança na sua ação sindical. “A conjuntura também nos desafia, bem como o tema do meio ambiente”, afirmou a secretária de Meio Ambiente da CONTAG, Rosmarí Malheiros, que acrescentou ainda que “é um desafio o movimento sindical se adaptar às novas modalidades de produção aliando a conservação e preservação ambiental, saindo do discurso para a prática”. Segundo o secretário de Política Agrícola da CONTAG, Antoninho Rovaris, a expectativa é que este Coletivo dê indicativos para completar o planejamento da Confederação com o detalhamento das atividades. “Precisamos ter uma organicidade maior, trabalhar de forma mais unitária”. Fonte: Assessoria Contag Edição: Assessoria FETAGRO

Empossada nova Diretoria da FETAGRO
16/06/2017

Empossada nova Diretoria da FETAGRO

A nova Diretoria da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Rondônia (FETAGRO), para a gestão 2017-2021, tomou posse após processo eleitoral que referendou a chapa de consenso JUNTOS SOMOS FORTES, no último dia do 7º CONFETAGRO, nesta quinta-feira (15). A nova Diretoria, constituída democraticamente, a partir de muito debate e participação dos sindicatos, cumpre a paridade de gênero, o que marca um avanço na democracia interna do MSTTR de Rondônia. Izabel de Oliveira, que seguirá coordenando a Secretaria de Mulheres nesta gestão voltou a destacar que a aplicação da paridade de gênero na direção da FETAGRO é uma forte conquista e o reconhecimento da igualdade entre homens e mulheres nas instâncias da entidade. “É uma coroação por todo o trabalho desenvolvido nestes 24 anos de atuação da Federação, respeitando a participação ativa e comprometimento das mulheres trabalhadoras rurais na luta sindical”, disse. Fábio Menezes, reconduzido à presidência ao ter sua atuação à frente da Federação admirada e referendada, agradeceu a confiança depositada à ele, mas ressaltou que a luta e seus resultados só é possível com a ação e companheirismo de cada diretor, cada conselheiro, cada funcionário, cada assessor e cada dirigente dos Sindicatos. Em seu discurso, Fábio reafirmou a dedicação e compromisso da nova Diretoria em fazer o movimento sindical cada dia mais organizado, forte, combativo e presente na base. Pontuou que “vamos enfrentar uma conjuntura tão crítica que o movimento sindical nunca foi tão importante quanto será neste momento”, referindo ao momento político e econômico em que passa o País, sob a gestão de um governante ilegítimo que vem ameaçando a classe trabalhadora com a perda de direitos e retrocesso em políticas públicas. E, por isso, afirmou que os sentimentos são de entusiasmo para a continuidade dos trabalhos, mas principalmente de responsabilidade para, junto dos demais, fazer da Federação uma entidade ainda mais capacitada para representar, mobilizar e articular os interesses dos trabalhadores e trabalhadoras rurais e fortalecer a agricultura familiar. O presidente conclamou a todos por unidade para o fortalecimento do MSTTR, reforçando que estamos num processo permanente de luta. “Vamos continuar fazendo do MSTTR a referência na luta pelos trabalhadores rurais”, declarou. Agradecimentos especiais Em nome de toda nova Diretoria, Fabio Menezes, reportou aos cinco dirigentes que deixaram a Direção da Federação – Antônio Samasquini (Toninho), Tamara Ezequiel, Udo Whalbrink, Creonice Vilarim e Ailton Nunes – fraternos agradecimentos pelo companheirismo e fiel trabalho prestado na última gestão em prol dos milhares de agricultores e agricultoras familiares representados pela entidade. Composição da nova Diretoria (2017-2021) Presidência– Fábio Menezes Vice-presidência e Secretaria de Política Agrária– Alessandra Lunas Secretaria de Administração e Finanças– José Calos de Oliveira Secretaria Geral - Sirlene Honória Secretaria de Política Agrícola– Elessandra Dutra Secretaria de Política Social– Ecimar Viana Secretaria de Mulheres– Izabel de Oliveira Secretaria de Meio Ambiente– Márcio Viana Secretária de Formação e Organização Sindical– Rosiléia Inácio Secretaria de Juventude – Gilmar Fagundes Conselho Fiscal Titular Ailton Nunes – Presidente Médici Debora Sfalcíni – Pimenta Bueno João Matias – Jaru Conselho Fiscal Suplente Eder Biazatti – Ji-Paraná Daiane Souto – Alvorada do Oeste Ernesto Ferreira – Ji-Paraná

Determinação à luta contra a perda de direitos e de políticas públicas marcam abertura do 7º C...
14/06/2017

Determinação à luta contra a perda de direitos e de políticas públicas marcam abertura do 7º C...

O 7º Congresso Estadual dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares – 7º CONFETAGRO começou com muita determinação de luta. A solenidade de abertura foi marcada por falas de reconhecimento à importância do Congresso para o norteamento das ações do MSTTR frente aos desafios políticos e econômicos impostos à classe trabalhadora, principalmente a rural, diante da conjuntura política do País. Compuseram a mesa o presidente da FETAGRO Fabio Menezes, a secretária de mulheres Izabel de Oliveira, deputado estadual Lazinho da Fetagro, vice-prefeito de Corumbiara Genadir Ribeiro, vice-prefeita de Campo Novo Valdenice Ferreira, vereadores André do Sindicato, Ademir do Sindicato, Terezinha do Sindicato e Claudia de Jesus, secretário de agricultura de Ji-Paraná Adirço Pedro da Silva, representantes da Conab, Emater, Aefaro, Iper, CUT-RO, Unicafes e Cresol. O presidente Fábio Menezes foi enfático em afirmar que a existência do MSTTR é, mais do que nunca, muito importante para a busca do reconhecimento e valorização do campo e da agricultura familiar. A afirmação vem contextualizada ao atual momento de ameaça de perdas de direitos e de conquistas coloca pela atual gestão do Brasil. Fábio, assim como os demais que fizeram uso da palavra, repudiaram veementemente a gestão do presidente Michel Temer marcada pelo retrocesso de políticas públicas e, principalmente, negaram as propostas de reforma Trabalhista e Previdenciária que penalizam os trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade. “Vivemos um péssimo momento da história do nosso país. E estamos sob forte desafio de nos mantermos em luta contra o descaso e opressão que estão nos impondo. Por isso, este Congresso é tão importante, pois vamos nos organizar e planejar nossas ações em defesa da vida digna no campo”. O presidente conclamou a todos por unidade para o fortalecimento do MSTTR, reforçando que estamos num processo permanente de luta. A secretária de mulheres Izabel de Oliveira completou que “é por essa razão que vamos trabalhar com coragem e compromisso para avançar na defesa dos agricultores e agricultoras familiares”. O deputado Lazinho da Fetagro, ex-dirigente da Federação, externou sua indignação ao que vem acontecendo no país, classificado por ele como uma profunda crise política e ameaça à democracia. E, pediu aos delegados e delegadas do Congresso que estejam atentos para esta conjuntura e preparados para o enfrentamento às tentativas de retrocessos. Os demais componentes da mesa também fizeram referência ao atual momento político e econômico nacional, concordando com a relevância do Congresso para a união e força da categoria. Por todos e à todos foi desejado um bom congresso, com amplos debates e firmes deliberações .

FETAGRO e STTRs aprovam plano de lutas
15/06/2017

FETAGRO e STTRs aprovam plano de lutas

Foi aprovado o plano de lutas do MSTTR para os próximos anos, durante o 7º CONFETAGRO, sendo este uma das principais razões para a realização do Congresso, uma vez que o plano de lutas irá conduzir as ações futuras da FETAGRO e STTRs focadas em fortalecer a agricultura familiar e lutar pela garantia de direitos da classe trabalhadora do campo. Ações voltadas para defesa da soberania alimentar, educação do campo, saúde, formação político sindical, juventude, meio ambiente, reforma agrária, crédito fundiário, cooperativismo, organização da produção, comunicação, ações de massa propositivas e reivindicatórias, sustentabilidade financeira, políticas...

Análise de Conjuntura aponta desafios aos dirigentes sindicais
14/06/2017

Análise de Conjuntura aponta desafios aos dirigentes sindicais

A manhã do segundo dia do 7º CONFETAGRO foi marcada pela realização da análise de conjuntura estadual feita pelo deputado Lazinho da Fetagro e a conjuntura nacional que ficou sob a responsabilidade de Alessandra da Costa Lunas. De acordo com o deputado Lazinho vivemos um momento histórico de profundas contradições políticas, mas que é marcado pela importância da luta sindical para a efetivação das conquistas dos direitos de trabalhadores e trabalhadoras. O deputado também frisou que o cenário de formações para a disputa eleitoral em Rondônia precisa ser amplamente debatido e analisado tendo em vista os interesses da classe trabalhadora e faz um chamamento aos dirigentes sindicais presentes na plenária: “diante...

FETAGRO e RIOTERRA firmam parceria em ações ambientais
13/06/2017

FETAGRO e RIOTERRA firmam parceria em ações ambientais

A FETAGRO e o Centro de Estudos da Cultura e do Meio Ambiente da Amazônia – RIOTERRA firmaram Termo de Cooperação para desenvolverem junto às populações do campo ações de uso sustentável do meio ambiente como a recuperação de áreas degradadas, apoio a agricultores com iniciativas em sistemas agroflorestais e planejamento de diferentes e contextualizadas ações ambientais no Estado. A parceria foi selada durante o 7º CONFETAGRO, realizado de 13 a 15 de junho, ocasião em que o integrante da RIOTERRA Alexis Bastos trouxe aos delegados e delegadas do Congresso, cerca de 200 agricultores e agricultoras, uma análise dos principais projetos da instituição em curso, dos impactos no crescimento do agronegócio...

ONG Auditoria Cidadã da Dívida participa do 7º CONFETAGRO
13/06/2017

ONG Auditoria Cidadã da Dívida participa do 7º CONFETAGRO

Um importante debate sobre as questões econômicas e sociais do País ocorreu no 7º CONFETAGRO entre os delegados (as) e o advogado e membro da ONG Auditoria Cidadã da Dívida, José Menezes. José Menezes apresentou informações e esclarecimentos acerca do trabalho prestado pela ONG no sentido de investigar o endividamento público brasileiro, visando promover uma auditoria que se denomina cidadã, exatamente pelo fato de estar sendo realizada por cidadãos e para os cidadãos. A organização propõe dissecar o processo de endividamento do País e buscar a verdadeira natureza dessa dívida pública que tem absorvido a parte mais relevante dos recursos nacionais, enquanto faltam recursos para o atendimento aos Direito Sociais...

Eleição da nova Diretoria da FETAGRO acontece durante o 7º CONFETAGRO
12/06/2017

Eleição da nova Diretoria da FETAGRO acontece durante o 7º CONFETAGRO

A eleição da nova Diretoria e Conselho Fiscal da FETAGRO para o quadriênio 2017-2021 acontecerá na próxima quinta-feira (15), durante o 7º CONFETAGRO. Os delegados e delegadas do Congresso irão às urnas para referendar a chapa de consenso, denominada de JUNTOS SOMOS FORTES. Fábio Menezes, presidente da FETAGRO, foi mantido à frente da entidade para a próxima gestão. Fábio destaca que a chapa foi construída com muita democracia, a partir de muito debate e participação dos sindicatos na construção desse grupo. “Essa chapa vem com grande potencial, com uma participação paritária, com uma presença forte da juventude e da terceira idade, para vencermos os desafios internos e externos. Nosso...

CONFETAGRO inicia nesta terça-feira, 13
10/06/2017

CONFETAGRO inicia nesta terça-feira, 13

Norteados pelo lema Fortalecer a agricultura familiar e lutar pela garantia de direitos da classe trabalhadora, dirigentes da FETAGRO e STTRsiniciam amanhã, dia 13, o 7º CONFETAGRO. A cada quatro anos a FETAGRO reúne as suas lideranças e trabalhadores e trabalhadoras rurais de todo o Estado para avaliar, propor e deliberar estratégias e ações do Movimento Sindical. O 7º CONFETAGRO é um momento de construção coletiva e imprescindível para o MSTTR buscar novos rumos e fortalecer a ação sindical na defesa dos direitos e interesses dos agricultores e agricultoras familiares. De acordo com a Direção da Federação, diante da situação política e econômica em que se encontra o País, esse será...

Deputado Lazinho propõe lei contra violência obstétrica
08/06/2017

Deputado Lazinho propõe lei contra violência obstétrica

Projeto de Lei, de autoria do deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT), que assegura a implantação de medidas de informação e proteção à gestante e parturiente contra a violência obstétrica foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Assembleia Legislativa. O Projeto, de número 606/17, segue trâmite na Casa de Lei. De acordo com a proposta, atos que ofendem, de forma verbal ou física, as mulheres gestantes e parturientes, antes, durante ou após o parto, são considerados violência obstétrica. Frases agressivas, recriminar a parturiente por qualquer comportamento como gritos, choro, medo, vergonha ou até mesmo dúvidas, discriminação, agressão física,...

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE
05/06/2017

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

É preciso ações contínuas que ampliem o debate acerca do tema e fomentem a conscientização pelo respeito e defesa do meio ambiente. É preciso perceber o meio ambiente como fator importante socialmente e economicamente no campo e na cidade. É preciso conscientizar para preservar. Acreditamos que a mudança ambiental está sobre como nós produzimos e consumimos em sociedade. Acreditamos que o meio ambiente está interligado com o comportamento e os valores humanos, com desenvolvimento e com conservação da natureza. Desejamos que, cada vez mais, sejamos conscientes e atuantes em favor de um desenvolvimento ambiental sustentável para o presente e para o futuro. É com essa compreensão que a FETAGRO, por meio da Secretaria de Meio...

FETAGRO apóia o fortalecimento do cooperativismo e associativismo
02/06/2017

FETAGRO apóia o fortalecimento do cooperativismo e associativismo

Fomento e fortalecimento ao cooperativismo e ao associativismo foi tema de Seminário, realizado ontem (01), no auditório do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Jaru, para representantes de cooperativas de produção e associações de produtores rurais do município e região. O evento, de caráter formativo e instrutivo, contou com participação da FETAGRO, STTR de Jaru, CRESOL Rondônia, UNICAFES Rondônia e mandato do Deputado Estadual Lazinho da Fetagro como parceiros no fortalecimento de cooperativas e associações, consideradas instrumentos de organização e valorização da produção da agricultura familiar no Estado. Neste primeiro seminário foram trabalhados os temas: Diferença...

Lazinho da Fetagro pede aos deputados federais voto contrário à reforma da Previdência
01/06/2017

Lazinho da Fetagro pede aos deputados federais voto contrário à reforma da Previdência

O deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT) esteve nesta quinta-feira (01) com os deputados federais de Rondônia, ao visitá-los em seus gabinetes na Câmara Federal, para reforçar o pedido de que votem contra a proposta de reforma da Previdência Social, que atualmente tramita na Câmara dos Deputados como Proposta de Emenda Constitucional (PEC) de número 287, e protocolar a Ata da audiência pública realizada na Assembleia Legislativa, em março, e que debateu com a sociedade civil organizada e Poder Público a PEC 287, aprofundando sobre os impactos da proposta sobre a vida dos trabalhadores. Esta ação do deputado cumpre compromisso firmado pelos deputados estaduais de oficializar a bancada federal do posicionamento contrário de milhares de cidadãos...

Deputado Lazinho da Fetagro comemora aprovação de recursos para as EFAs
27/05/2017

Deputado Lazinho da Fetagro comemora aprovação de recursos para as EFAs

O deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT) comemora com a Associação das Escolas Família Agrícola de Rondônia (Aefaro) e suas filiadas - as Escolas Família Agrícola (Efas) - a aprovação do Projeto de Lei 676 de 2017/17, de autoria do Poder Executivo, que institui o Plano de Repasse Financeiro às Efas, garantindo a transferência de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FNDE) para estas instituições no Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc). Essa era uma das principais reivindicações destas escolas, instituições credenciadas sem fins lucrativos, que trabalham a pedagogia da alternância e que necessitam de apoio para...